O que é mais atrativo para os brasileiros em uma vaga de emprego?

No Brasil, 55% dos profissionais escolhem uma vaga de emprego por causa do salário e dos benefícios, segundo pesquisa exclusiva da Randstad sobre Employer Brand, ou, no português, marca empregadora.

O levantamento sobre a percepção dos profissionais sobre a marca das empresas teve mais de 184 mil entrevistados em 33 países do mundo, incluindo o Brasil.

Depois de salário e benefícios, a progressão de carreira é um atrativo para 51% dos entrevistados. E 45% procuram por um ambiente de trabalho agradável.

No entanto, os principais pontos mais atrativos para os profissionais não correspondem com a realidade no mercado de trabalho.

De acordo com as percepções apontadas na pesquisa, a progressão de carreira e bons salários aparecem nas duas últimas colocações da lista de 10 características das empresas no país. Em primeiro e segundo lugar, os entrevistados acreditam que os empregadores têm boa reputação e saúde financeira, respectivamente.

Segundo o levantamento, 83% dos trabalhadores ficaram no mesmo emprego desde o ano passado. E 36% pensam em trocar de empresa no próximo ano. Para esses, o principal motivo é a busca de um salário ou benefícios melhores.

Quais são os benefícios mais atraentes?

  1. Plano de saúde
  2. Horário flexível
  3. Benefícios adicionais de férias, como sabático
  4. Treinamento interno ou subsídio para educação
  5. Reembolso total ou parcial para transporte
  6. Possibilidade de trabalho em casa
  7. Vale refeição
  8. Seguro de vida
  9. Descontos nos produtos da empresa
  10. Suporte para creche ou cuidados com os filhos
  11. Oportunidade de comprar ações da empresa
  12. Reembolso total ou parcial para óculos ou lentes de contato
  13. Seguro viagem
  14. Pacote para esportes ou lazer
  15. Telefone da empresa

Como os brasileiros encontram vagas de emprego?

  1. Sites de classificados de empregos
  2. Conexões pessoais ou referências
  3. Google
  4. Linkedin
  5. Vagas.com
  6. Recrutadores
  7. Site de carreiras das empresas
  8. Agências de recrutamento
  9. Serviços públicos de emprego
  10. Catho
  11. Feiras de emprego
  12. Mídias sociais

Fonte: Exame